Desejos Encontrados.


Hoje um gênio surgiu em minha frente
e apenas um desejo me ofereceu.
Lhe dei uma lista com tudo o que desejo
e o-pedi para que escolhesse qual o convenceu.

Desejei crianças brincando na calçada,
um pequeno peão girando, na inocência,
da nossa inocência perdida.
Risadas por todo canto, o canto mais belo
de um pássaro vestindo suas mais lindas asas.
Um canto que varre a Terra a procura de ouvintes.
E ouvintes que levem este canto a todos os cantos do mundo.

Pedi grandes e bravos dragões com seus guerreiros
modelados nas mais sutis e delicadas nuvens no céu,
para que as guerras ocorressem somente por ali,
e mesmo quando houvesse algum derramamento de sangue,
só teríamos a sorte de testemunhar pores-do-sol mais vermelhos.

Encomendei mais pores-do-sol por dia.
Um pequeno e rápido prazer do dia, se repetindo
para podermos ver mais sóis se pondo no horizonte,
e contudo mais sóis nascendo dentro de nós.
Mais luz. Mais brilho. Mais vida.

E também solicitei coisas bobas, coisas simples.
Beija-flores, joaninhas, borboletas e maritacas.
Primaveras com a beleza de todas as flores.
Flores, com sua frangância e beleza unica,
para que mesmo quando as flores morressem
termos ainda toda a formosura de um outono.
Outono de cores novas. Outono para re-nascermos.
E re-pensarmos nossas vidas.

O gênio pôs-se a ler minha lista de desejos,
deu uma deliciosa risada, e assim me disse:
"Esses pedidos todos já foram realizados,
basta ao ser humano querer enxerga-los".

14 comentários:

Luiza disse...

Meus olhos estão cheios de água, então não enxergo mais as letras no teclado!
Parabéns!

cami disse...

muito bonito! ingênuo =)

Cristiano Contreiras disse...

Sublime
intenso
realista
cativante

você proporciona um belo espaço aqui, sempre gosto de vir, obrigado por aparecer no Apimentário

Poderia ser meu seguidor lá, Vinicius? assim, não te perco de vista.

Grato!

disse...

Belíssimo.
Um gênio, esse gênio, se é que me entendes.. :)

beijos, rapaz

Katrina disse...

Pois é, eu sou míope

Thaisgats disse...

Nossa Vi, que lindo...não sabia que vc escrevia tão bem assim, nunca tinha tido a oportunidade de ler nada seu, mas agora que tive fiquei mto grata por isso, o mundo precisa de textos assim pra nos dar forças de continuar nossas lutas..rs..
Amei..rs..parabéns
Bjãoooo

Mauro disse...

Adorei! Eu fico espantado com a sua criatividade! Ah se eu pego um texto igual a esse em outro site! Bjos

Vanessa [Pêra] disse...

Vi, estou admirada demais com você! Escreve muito! Parabéns pela simplicidade e beleza em cada palavrinha! Amo-te! :***

Sentimental ♥ disse...

oi, tudo bem?
obrigada pela visita e pelo comentário, todos estão me fazendo pensar e muito no assunto.
beijos

renata disse...

nossos olhos insistem em ficar cheios de ciscos. deixa soprar...

brigada pelas palavras. volta sim!

beijo.

Luciana disse...

Oi moço!!

Ótima poesia. Sincera e reflexiva. Gostei bastante.
Realmente falta ao homem uma visão decente de todas essas belezas que já temos.

Beijo! ^^

Taatah disse...

'Desejei crianças brincando na calçada,
um pequeno peão girando, na inocência,
da nossa inocência perdida.'
parabens Vi,texto encantador!

Theeu disse...

Tava andando descalso pelo post de cima, calcei os sapatos e resolvi descer um pouquinho o morro rpa ir de encotnro a um gênio.
Que energia boa isso tudo!

Deisinha Rocha disse...

ôh! to de boca aberta, óh!
lindo, refletivo, com palvras bem escolhidas...

gostei mesmo.